COMO ESTÁ A SUA RELAÇÃO AMOROSA?

Muitas relações começam de uma forma promissora, com o casal muito apaixonado e fazendo tudo para agradar um ao outro. Nessa fase inicial cada um mostra o melhor de si , na maioria das vezes não para enganar ao parceiro(a), mas sim porque no inicio do namoro as duas pessoas envolvidas estão tão inebriadas de sentimento amoroso e consequentemente de felicidade, que elas só se preocupam em viver essa alegria e compartilhar de inúmeras formas esse sentimento tão único e esperado.

Infelizmente, sabemos que, com o tempo esse estado de “graça” começa a se  diluir . O casal começa então a perceber os defeitos um do outro, começam a discordar por fatos importantes e principalmente discordam por fatos sem importância alguma. Vem a rotina, as crises de ciúme, as cobranças, as implicâncias, críticas constantes, desconfiança, falta de cumplicidade. Invasão de privacidade,

dificuldades de convivência com os amigos e/ou parentes do parceiro(a), vem a disputa entre ambos; quem manda mais? quem sabe mais?quem é mais bem sucedido profissionalmente? Etc, etc, etc....UFA!!!!! Até que chega a hora em que vc se pergunta: Por que entrei nessa “canoa furada”? Por que fui amar uma pessoa que nada tem a ver comigo?

O QUE FAZER AGORA?

Nesse momento, quando o casal não consegue resolver seus conflitos conjugais sozinhos e não pode perceber uma solução para vislumbrarem uma vida mais saudável a dois, é importante que eles procurem uma terapia de casal. O terapeuta de casal  trabalhará as dificuldades (defesas) de cada individuo dentro da relação, para que eles possam desenvolver desse modo, a possibilidade de estabelecerem entre si uma convivência mais madura, mais verdadeira e principalmente mais feliz.

TERAPIA

Casais quando procuram a ajuda de um terapeuta, é porque na verdade querem colocar um fim nos conflitos. A maioria chega a conclusão de que é possível continuar a relação, mas de uma nova forma, com um relacionamento mais maduro. Cada parte trás para dentro do casamento várias costumes que vem de família e não é fácil fazer o ajuste com outra cultura familiar de uma hora para outra. Alguns casais durante esta fase, travam verdadeiras batalhas para defender o ponto de vista pessoal, isto pode acabar com um casamento em pouco tempo ou então, estes conflitos perduram por décadas, tornando o relacionamento em um tormento sem fim, chegando a ofensas e até mesmo a agressões físicas, dando fim ao respeito mútuo.

A terapia é o território neutro, onde o terapeuta vai intermediar o casal, analisar o comportamento de cada um dentro do relacionamento com base do que está percebendo na sessão e como o casal resolve suas questões. Para isso é utilizado técnicas específicas que ajudam estas pessoas a perceberem seu próprio comportamento, que muitas vezes é inadequado à situação. Uma pessoa neutra, que não faz parte da vida desta pessoas, pode assinalar para cada um aonde estão errando e também acertando, sem ter reações emocionais.

Na terapia de casal irá aprender a ver assuntos não resolvidos de forma diferente. A terapia de casal promove um ambiente seguro para a expressão da insatisfação que possa sentir. Você sabe que por vezes falar do que sente com a outra pessoa na presença de um psicólogo é a única coisa que precisa para encontrar a solução do problema. Porquê? Porque aí a outra pessoa vai ouvir.

As sessões duram em média uma hora e trinta minutos e os encontros acontecem uma vez por semana. Na primeira entrevista, além do diagnóstico sobre o casal, é feito um contrato terapêutico a cerca das responsabilidades, horário da sessão, explicações sobre o funcionamento e também sobre o custo da terapia.

Aonde há amor sempre vale a pena se fazer uma tentativa de se acertar as coisas e encontrar um canal de comunicação que faça a relação do casal evoluir para uma harmonia prazerosa. Brigas são afetos colocados de forma destrutiva.

Sônia Lopes

Terapeuta corporal reichiana

Visite: Quem somos

© 2018 por Psicologia e Terapia em Rio das Ostras                                                                                          psicologiaeterapiarostras@gmail.com